Para maratonar nas férias – Parte 2

Hello! Como está nesse frio? Salvador está congelando e nada melhor do que algumas séries para maratonar nesse tempo! Trouxe algumas do novo streaming HBO MAX, que chegou no Brasil no final de junho de 2021.

  1. It’s a sin (2021)

É uma minissérie britânica, com cinco episódios, que passa entre os anos de 1981 a 1991 em Londres. Escrita por Russell T Davies e desenvolvida pela Red Production Company. Estrelada por Olly Alexandrer, Omari Douglas, Callum Scott Howells, Lydia West, Nathaniel Curtis e David Carlyle.

A história acontece em volta de jovens gays que se mudam para Londres em 1981, eles rapidamente se tornam amigos e resolvem morar juntos. Entretanto a crise de HIV/AIDS na Inglaterra começa e afeta a vida de todos e alguns a sua volta.

A série mostra sonhos e desejos que foram interrompidos por causa do virus, como os hospitais tratavam as pessoas naquela época também. Os primeiros protestos em busca de solução.

Recomendo muito! Preparem os lencinhos!

2. Raised By Wolves (2020)

Para quem gosta de ficção científica, a série norte-americana foi criada por Aaron Guzilowski. Contém dez episódios e foi lançada em setembro de 2020. Estrelada por Amanda Collin, Travis Fimmel, Niamh Algar, Abubakar Salim.

Conta a história de dois andróides (chamados de pai e mãe), que têm o objetivo dá uma última chance de humanos sobreviverem, criar filhos humanos em um planeta misterioso e novo. Enquanto isso os humanos que ainda existem no universo, se dividiram em religiões, formando colônias. Os dois andróides tentam criar as crianças sem crenças, o que fica complicado com a chegada de humanos.

Já renovada para uma segunda temporada. Recomendo, os efeitos especiais são incríveis!

3. The Nevers (2021)

É uma série de ficção científica norte-americana, criada por Joss Whedon, produzida pela HBO e Mutant Enemy Productions. Estreou no inicio de abril de 2021, com seis episódios, tendo sua segunda parte para ser lançada em 2022. Estrelada por Laura Donnelly, Ann Skelly, Olivia Williams, James Norton.

A série se passa na era vitoriana em Londres e acompanha um orfanato, onde mulheres (a maioria), moram e tem poderes. Liderados por Amalia True, uma viúva, que pode vê o futuro e sua melhor amiga Penance Adair, uma incrivel inventora, elas tentam solucionar alguns eventos que acontecem na cidade, uma moça que canta uma canção, que apenas os tocados podem ouvir e principalmente sobre as pessoas tocadas (com poderes) que estão desaparecendo.

Passa rápidinho e é muito bom! Os efeitos, as caracterizações da época, o roteiro, sem dúvida um dos meus preferidos da lista e estou no aguardo da segunda parte da primeira temporada!

4. Infinity Train

Por último uma animação, inicialmente lançada para ser uma minissérie, foi mudada para uma série de antologia invés disso, em outras palavras, cada temporada o foco mudara para outro personagem. Cada temporada tem dez episódios, de 10-15 minutos, dividido em 4 livros (temporadas). Na HBO MAX, até o momento, tem apenas até o dois e com previsão da terceira entrar no catalogo no final de julho.

As histórias acontecem dentro de um trem com infinitos vagões, em cada um contêm ambientes estranhos e diferentes, com pessoas/criaturas, até cidades, reinos. Muitas pessoas que acabam entrando no trem, tem problemas emocionais ou traumas não resolvidos. Representado por um número na mão, que vai diminuir cada vez que passa por um vagão, que basicamente é onde a pessoas confronta o seu problema. Quando zerado, um portal abre e assim pode ir embora.

A primeira temporada é em volta de Tulip Olsen, uma pré-adolescente, que ama programação de jogos e não aceita o recente divórcio dos pais. Ela tinha planos para ir a um acampamento para design de jogos em Oshkosh, mas surgiu um problema e seu pai, que inicialmente iria leva-la, não poderá mais e sua mãe também não pode. Tulip briga com a mãe e foge de casa, no caminho na floresta, ela encontra o trem, que diz que irá leva-la para o acampamento, ela entra e aventura começa.

Adorei a animação, a dublagem está perfeita como sempre! As histórias e os personagens são fascinantes, as cores, os traços são lindíssimos. Recomendo!

Infelizmente não achei o trailer dublado ou legendado da primeira temporada

Por hoje é só, até mais!

Angela Ataide

Angela Ataide é formanda em Relações Públicas. Fascinada por livros, séries, dramas e música. Colunista da Redação com dendê.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: