Resenha Literária: Orgulho de Ibi Zoboi

Olá! A resenha literária está de volta! Nessa coluna falarei do livro “Orgulho” de Ibi Zoboi, que é um remix (releitura) do livro “Orgulho e Preconceito” de Jane Austen.

Título: Orgulho – Um remix de Orgulho e Preconceito

Autor: Ibi Zoboi

Editora: Haper Collins; 1ª edição (9 setembro 2019)

Gênero: Romance, Ficção juvenil

Páginas: 272

Classificação: 4 estrelas!

Compre: Amazon

Sinopse: “Zuri Benitez tem orgulho. Orgulho do Brooklyn, de sua família e de suas raízes afro-latinas. Mas orgulho não é o suficiente para salvar seu bairro da gentrificação e de se tornar irreconhecível. Quando a rica família Darcy se muda para o outro lado da rua, Zuri não quer contato com seus dois filhos adolescentes, mesmo quando sua irmã Janae começa a se apaixonar pelo encantador Ainsley. Acima de tudo, ela não suporta o crítico e arrogante Darius, mas eles são forçados a se entender, e o que antes era um confronto se torna uma inesperada amizade. Agora, com quatro irmãs a empurrando em direções diferentes, com o adorável Warren em busca de sua atenção e com as candidaturas para a faculdade chegando, Zuri luta entre encontrar seu lugar na paisagem em transição de Bushwick ou perder tudo.

Um dos meus livros preferidos é Orgulho e Preconceito de Jane Austen, que foi uma grande autora inglesa do século XIX, seus livros não eram apenas romances, mas também sobre problemas nas classes sociais, o lugar das mulheres no mundo. Ele também é um dos livros preferidos da autora Ibi Zoboi, nascida em Porto Príncipe, no Haiti. É autora de American Street, finalista do National Book Award. Ela mora no Brooklyn com o marido e seus três filhos.

Enrolei um pouco para terminar, principalmente por causa da faculdade, mas agora de férias (que já está acabando, estou triste), fiquei sem internet (como sempre), pequei pra terminar, amei! Sempre leio ou assisto adaptações ou releituras dos livros de Jane Austen.

Para começa os protagonistas são negros, ultimamente venho lendo mais autores e histórias com pessoas negras, representatividade é algo importante, ainda mais quando podemos nos enxergar na história que está sendo contada.

Zuri Benitez, é uma adolescente de férias, indo para o ultimo ano do ensino médio, que precisa fazer uma redação para tentar uma bolsa de estudos na universidade dos sonhos dela: Howard, que tem o legado de ser uma faculdade historicamente negra. Mesmo sendo bem longe do Brooklyn, ela pretende ir e depois voltar para ajudar as pessoas da sua comunidade. Vive com os pais e suas quatro irmãs, onde tem que dividir um único quarto com elas.

Mais apegada a Janae, sua irmã mais velha, que vem passar as férias da universidade em casa, entretanto com a chegada dos dois irmãos, Ainsley e Darius Darcy, muda todos os planos que Zuri tinha. Para começar a casa da frente, se tornar uma mini mansão – onde a família Darcy mora. Janae se apaixona por Ainsley, fazendo ela não passar tanto tempo com a irmã e para terminar tem Darius, que Zuri não vai com a cara desde o inicio, por acha-lo metido e arrogante.

Zuri que também é uma pessoa bastante orgulhosa, faz o possível para encontrar seu lugar no mundo e ainda assim, tentando manter o máximo de sua identidade e suas origens consigo, mesmo tudo começando a escapar por entre seus dedos.

Recomendo, muito bom!

Angela Ataide

Angela Ataide é formanda em Relações Públicas. Fascinada por livros, séries, dramas e música. Colunista da Redação com dendê.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: